(Portuguese- BR- MG) Dois transexuais falam sobre os desafios da paternidade

  • jimmymello
  • November 7, 2015
  • o-cantor-e-compositor-erick-barbi-que-e-transexual-com-a-mulher-personagens-de-materia-de-gravidez-e-filhos-com-pais-transexuais-1428590479090_615x470

    Accent: Jimmy Mello – Portuguese – Brazil- Minas Gerais – Nova Lima 

    O cantor e compositor Erick Barbi, 35, casou-se com a psicóloga especialista em identidade de gênero Bárbara Dalcanale Menêses, que conheceu frequentando um grupo de autoajuda para transexuais. Com a união, tornou-se padrasto de dois meninos, um de 11 e outro de sete anos. Quando os dois começaram a namorar, ela tinha acabado de sair de um casamento, estava grávida de três meses e com um filho de três anos. Hoje em dia, os meninos o chamam de “pai do coração”.

    Com o tempo, coube a ele explicar aos garotos o que é ser transexual. “Eu e minha mulher introduzimos o assunto com o mais velho, mostrando amigos que eram transexuais. Começamos explicando que tal pessoa tinha nascido menina, mas não se sentia assim”, diz.

    Quando a definição ficou clara na cabeça do garoto, o casal lançou a pergunta: “e se o Erick fosse transexual?”. Ao que o menino rapidamente respondeu: “tudo bem”. “Foi só depois de todo esse processo que eu me sentei com ele para conversar e mostrei minhas fotos de criança. Eu disse que era muito triste naquela época, porque não podia ser o que queria. E ele entendeu.”

    Quatro anos depois dessa conversa, eles revivem as mesmas experiências com o filho mais novo, que ainda não sabe da identidade de gênero do padrasto, mas entende o que é ser transexual. “Ele está em uma fase muito engraçada e sempre que vê um amigo nosso pergunta se é transexual ou não”, conta.

    Em uma dessas vezes, ao receber a confirmação da mãe, o menino não teve dúvidas: colocou a cabeça para fora da janela do carro e gritou: “tchau, transexual!”.

    Aos dois anos, Barbi demonstrava interesse por brinquedos e roupas considerados masculinos. Ele passou por vários psicólogos e, aos 16, depois de pesquisar e ler muito sobre o assunto, entendeu que era transexual. Então, iniciou um tratamento hormonal para adquirir as características masculinas que não tinha.

    Source:http://mulher.uol.com.br/gravidez-e-filhos/noticias/redacao/2015/04/10/dois-transexuais-falam-sobre-os-desafios-da-paternidade.htm